Nova Carteira De Trabalho Digital

0
399
Nova Carteira De Trabalho Digital
Tempo de leitura: 3 min

A nova Carteira de Trabalho digital foi disponibilizada oficialmente para trabalhadores de todo o Brasil (e estrangeiros cadastrados) no dia 24 de setembro de 2019, trazendo diversas facilidades para o seu uso.

A idealização desse serviço se deu justamente em função de otimizar o registro de funcionários, ajudando ambas as partes envolvidas no processo de contratação.

Porém, justamente por ser uma implantação recente, muitas pessoas têm dúvidas em relação ao que esperar desse novo modelo. Confira mais sobre ele abaixo e solucione quaisquer questionamentos!

Nova Carteira De Trabalho Digital

O que saber sobre a nova Carteira de Trabalho digital?

A nova Carteira de Trabalho digital tem como principal função substituir a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) física. Porém, além disso, ela agrega diversas vantagens.

Dentre elas pode-se citar a facilidade de apresentar a opção digital em função da carteira física, redução de custos, menor burocracia e economia de tempo.

Isso vale tanto para o empregador, quanto para o empregado, uma vez que, para realizar o registo, bastará que se tenha acesso ao número do CPF do empregador.

Para o país, de forma geral, essa atitude também garante benefícios, uma vez que, segundo a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, a Carteira de Trabalho digital garante uma economia de R$ 888 milhões.

Esse valor é dividido entre benefícios para o Governo e para o trabalhador na seguinte proporção:

  • Uma economia de R$ 739 milhões para usuários da Carteira;
  • Uma economia de R$ 149 milhões para o Governo.

Portanto, é possível perceber que essa medida é extremamente benéfica em especial para o usuário.

Acesso à Carteira de Trabalho digital

Para ter acesso a essa facilidade, basta que o brasileiro ou estrangeiro esteja registrado no Cadastro de Pessoa Física (CPF) e faça a habilitação do documento no site do Governo, criando uma conta.

Esse simples passo impedirá que seja necessária a espera de 17 dias para que se tenha acesso à Carteira, o que geralmente é esperado desde a solicitação de sua opção física. Será preciso aguardar apenas 1 dia com a opção digital.

Além disso, as empresas que já apostam no uso do e Social para fazer suas contratações não precisarão mais do documento físico para isso. Portanto, um processo menos burocrático e demorado tende a ser obtido.

Todas as anotações que antes eram feitas à mão pelo contratante agora poderão ser feitas de forma eletrônica, que inclusive poderão ser acompanhadas de forma simples e rápida.

Para isso, basta que o empregador ou o empregado baixem o aplicativo da nova Carteira, que está disponível tanto para iOS, quanto para Android. O acesso também poderá ser feito pelo site do Governo acima informado.

Perguntas frequentes sobre a Carteira de Trabalho Digital

  1. Devo me livrar da versão física da Carteira de Trabalho?

Se você é um empregado que possui a versão digital de sua Carteira de Trabalho, não jogue fora a versão física.

Além de ela ainda ser um documento comprobatório pedido em inúmeros casos, ainda existem empregadores que desejarão fazer a contratação fora do i digital.

  1. E se o empregador ainda exigir a opção física da Carteira de Trabalho?

O empregador ainda tem direito de exigir a versão física da Carteira de Trabalho. Caso você não possua uma para apresentar, ligue 158 e faça seu agendamento.

  1. Não estou conseguindo fazer o meu cadastro. Como proceder?

Caso não esteja conseguindo se cadastrar, vá ao Banco do Brasil, à Caixa ou, se não possuir conta em nenhum deles, ao Ministério da Economia local.

  1. Não consigo baixar o aplicativo. Como proceder?

Verifique se seu dispositivo está atualizado para receber o aplicativo. Ele está disponível para smartphones iOS e Android.

Conte com as facilidades trazidas pela nova Carteira de Trabalho digital e aposte nessa opção para facilitar o seu dia a dia!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui